quarta-feira, 10 de junho de 2015

foco

entrei em uma grande loja de departamentos especializada no ramo de materiais de construção e, dado o tamanho do espaço e a diversidade de setores e produtos, me vi impaciente para percorrer o local.
Já no primeiro corredor, logo após a entrada, perguntei a um rapaz que passava em direção aos caixas:
- Com licença, sabe me dizer onde ficar a parte de elétrica?
- Desculpe, eu não trabalho aqui.

- Mas não foi isso que eu perguntei, quero saber onde fica a parte de elétrica!

terça-feira, 9 de junho de 2015

celulares

"Nosso intelecto criou um novo mundo que domina a natureza e ainda a povoou de máquinas monstruosas. Essas máquinas são tão incontestavelmente úteis que nem podemos imaginar a possibilidade de nos descartarmos delas ou de escapar à subserviência a que nos obrigam. O homem não resiste às solicitações aventurosas de sua mente científica e inventiva, nem cessa de se parabenizar pelas suas esplêndidas conquistas. Ao mesmo tempo, sua genialidade revela uma misteriosa tendência a inventar coisas cada vez mais perigosas, que representam instrumentos cada vez mais eficazes de suicídio coletivo"
(JUNG, Carl G.. O Homem e seus Símbolos. 2008. p.128)

o nada

 o buda é o meu pastor e o nada não me faltará.

domingo, 7 de junho de 2015

bons sentimentos

em ocasião recente, durante um encontro familiar, um de meus parentes agregado (agora na condição de amigo) ao se despedir esqueceu-se de minha convicção religiosa e disse:
- fique com Deus!
quase no mesmo instante, percebendo o ato falho, se saiu com
- eu não ia dizer isso. Mas F0D4-53!

quinta-feira, 4 de junho de 2015

irmãs Schrödinger's

Nessa semana que passou, durante uma caminhada tive a oportunidade de cruzar com duas freiras vestidas com o hábito. Saldei de forma cortês desejando boa noite, recebendo em troca dois belos sorrisos. Aproveitando a ocasião, perguntei
- Vocês são irmãs?
simultaneamente as duas responderam
- sim
- não